Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

02 DEZ
18h18

Fiscalização do Creci-PB é, mais uma vez, 1º lugar na região Nordeste e 4º no Brasil


Fiscalização do Creci-PB é, mais uma vez, 1º lugar na região Nordeste e 4º no Brasil

Pela segunda vez em três anos (2018 e 2019), o setor de fiscalização do Creci-PB teve sua produtividade destacada em nível nacional, figurando em 1º lugar na região Nordeste e em 4º lugar no Brasil, segundo dados do Relatório da Diretoria de Fiscalização do Conselho Federal de Corretores de Imóveis relativo a 2019.

A premiação foi recebida pelo coordenador de fiscalização Hermano Azevedo das mãos do diretor de fiscalização do Cofeci, Claudemir Neves, durante sessão plenária realizada na tarde desta quinta-feira(2) no auditório do Creci-PA, na cidade de Belém (PA), que contou com a participação do presidente do Creci-PB, Rômulo Soares.

Hermano elencou uma série de fatores para manter essa produtividade elevada: muita dedicação, empenho e muita cobrança, por parte do presidente e dele, implantação dos autos digitais, melhores equipamentos para desempenho das fiscalizações, dentre eles novos tablets, melhores aparelhos telefônicos, novas viaturas e diversas ações com o Creci-Itinerante.

“Apesar de uma equipe bem reduzida, nos dedicamos muito em ações durante os dias úteis, bem como nos finais de semana e feriados em todo o estado da Paraíba”, concluiu.

O presidente Rômulo Soares afirmou que, além de reconhecimento, a premiação representa um estímulo ao cumprimento pelo Conselho, de missão institucional de fundamental importância para a sociedade, para a categoria e o mercado imobiliário como um todo.

Ele acrescentou que esse feito deve ser ainda mais valorizado pelos resultados objeto da premiação terem sido alcançados durante um ano de plena pandemia da Covid-19. Por sua vez, o presidente eleito Ubirajara Marques, que a tudo acompanhou, adiantou que em sua gestão que inicia a em janeiro, continuará potencializando as ações de fiscalização em todo o estado.

O Creci-PB também esteve representado pelos conselheiros federais Edson Medeiros (titular) e Assis Cordeiro (suplente).e presidente interventor do Creci-MA. Na ocasião, Edson louvou a palavra de Deus, entoando um hino.

Números falam por si só

Em 2021, até hoje (quinta-feira), foram lavrados 5178 autos de constatação, 2.208 notificações, 1.135 autos de infrações diversos e 239 autos de infração por exercício ilegal da profissão de corretor de imóveis, bem como abertos 41 processos de termo de representação e feitas 89 diligencias para apuração de denúncia de exercício ilegal, que resultaram em 46 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO’s) em diversas delegacias de polícia do estado e 32 Boletins de Ocorrência (BO’s).

A equipe coordenada por ele é composta pelos fiscais Valeria Paiva, Sergio Pereira e Marina Stuckert, além da funcionária administrativa Anna Karla Mendonça.

Hermano, que tem 59 anos de idade, é formado em engenharia civil, foi militar do Exército brasileiro durante oito anos anos e foi admitido no Creci-PB na função de fiscal no dia 10 de abril de 2000 e 15 anos depois nomeado coordenador de fiscalização em outubro de 2015, cargo que continua a ocupar, por sua competência, profissionalismo e experiência.

Postado às 18h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".