Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

03 DEZ
00h03

INSS adverte sobre golpe contra segurados


INSS adverte sobre golpe contra segurados

A Previdência Social alerta aos cidadãos brasileiros contra uma nova modalidade de golpe que tem se tornado recorrente nos últimos meses. Estelionatários estão enviando documentos a segurados se passando por uma falsa “Auditoria Geral Previdenciária”, convocando-os a uma “Chamada para Resgate”. Segundo o documento, os segurados teriam direito a resgaste de valores devidos a participantes de carteiras de pecúlio que teriam sido descontados da  folha de pagamento como aposentadoria complementar.

Quatros pessoas que receberam esse documento falso já se dirigiram a Agências da  Previdência Social para entender do que se tratava.  A Previdência Social esclarece que não entra em contato com seus segurados por meio desse tipo de correspondência, muito menos tem algum tipo de relação com planos de previdência complementar para segurados do INSS.  Os benefícios que são pagos mensalmente pelo INSS são da previdência pública, contributiva por todos os trabalhadores filiados ao Regime Geral de Previdência Social.

Caso o cidadão seja vítima desse tipo de abordagem, o Ministério da Previdência Social orienta-o que registre imediatamente um boletim de ocorrência na Polícia Civil e comunique o fato à Ouvidoria Geral da Previdência Social. Para entrar em contato com a Ouvidoria, basta ligar na Central 135 ou acessar a página do Ministério da Previdência Social na internet (www.previdencia.gov.br).

A Previdência Social informa  também aos cidadãos que não solicita dados pessoais dos seus segurados por e-mail ou  telefone  e também não realiza nenhuma forma de cobrança para realizar seus serviços. A principal recomendação da instituição para os seus segurados é  que não utilizem intermediários para entrar em contato com a Previdência Social.

O cidadão pode telefonar para a Central 135 e agendar uma visita a uma Agência de Previdência Social (APS), onde será atendido por um servidor especializado que tomará as providências cabíveis e prestará todos os esclarecimentos necessários. A Previdência também alerta à população para que não forneça os seus dados pessoais para terceiros, já que estes dados podem ser utilizados para fins Ilícitos.

Papel da APEGR- – Em caso de golpes, que gerem prejuízos para a Previdência Social, a Assessoria de Pesquisa Estratégica e Gerenciamento de Risco da Previdência (APEGR), setor de inteligência do Ministério da Previdência Social, atua em conjunto com a Polícia Federal e demais órgãos de controle do governo federal. As ações executadas pela APEGR buscam coibir a prática de ilícitos criminais contra a Previdência Social praticados por grupos, quadrilhas e organizações criminosas. O Ministério Público Federal também integra a Força Tarefa Previdenciária.

Nos casos de golpes contra o segurado, em que não há prejuízo para a Previdência Social diretamente, os cidadãos devem registrar ocorrência junto à Polícia Civil e fazer o registro na Ouvidoria da Previdência Social

Postado às 00h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".