Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

17 JUL
17h51

Cidades de Conde e Santa Rita terão delegacias do Creci-PB


Cidades de Conde e Santa Rita terão delegacias do Creci-PB

As cidades  de Conde e Santa Rita, localizadas na Região Metropolitana da Grande João Pessoa, receberão delegacias do Creci-PB. Com isso, os corretores de imóveis que atuam nesses municípios e regiões circunvizinhas passarão a contar com acesso fácil e rápido a serviços como registro de inscrições, pagamento de anuidades, emissão de certidões e apoio à fiscalização.

Autorização nesse sentido foi dada pelo Conselho Federal de Corretores de Imóveis ao Creci-PB, após considerar a bem fundamentada exposição de motivos feita pelo Regional. A delegacia sediada na cidade de Conde terá jurisdição extensiva aos municípios de Alhandra, Caaporã, Camaratuba, Condado, Itambé, Juripiranga, Mataraca, Mulungu, Pedras de Fogo, Pilar, Pitimbu, Riachão do Poço, São João dos Ramos e São Miguel de Taipu.

Extensão da jurisdição

Já a Delegacia sediada na cidade de Santa Rita terá jurisdição extensiva aos municípios de Araçagi, Baía de Traição, Cajá, Caldas Brandão, Capim, Cruz do Espírito Santo, Cuité de Mamanguape, Gurinhém, Itapororoca, Lucena, Mamanguape, Marcação, Mari, Mataraca, Mulungu, Rio Tinto, Sapé, São Miguel de Taipu, Sertãozinho e Sobrado, todas com subordinação ao Creci-PB.

No ano passado, em pouco mais de seis meses de administração, a atual diretoria conseguiu instalar na cidade de Cajazeiras, a terceira delegacia no estado, que veio se somar às de Campina Grande e Patos e realizar mais um compromisso assumido por ocasião da posse, de descentralização administrativa e interiorização de ações, dentro do conceito de representatividade estadual adotado. 

Postado às 17h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".