Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

10 OUT
17h08

Usina abre exposição coletiva com artistas do brejo paraibano


 Usina abre exposição coletiva com artistas do brejo paraibano

Nesta quarta-feira, 11 de outubro, acontece a abertura da exposição coletiva ‘Expressões do Brejo’, que traz trabalhos de 10 artistas plásticos do brejo paraibano. O vernissage acontece a partir das 19h, na Galeria de Arte Alexandre Filho, na Usina Cultural Energisa. A mostra coletiva é a segunda exposição da galeria, inaugurada em agosto do corrente ano. A exposição fica em cartaz até 24 de novembro, de terça a domingo, das 13h00 às 17h00.

A coletiva traz, ao todo, 22 pinturas sobre tela, produzidas entre 2012 e 2017 pelos artistas plásticos Angel Valdez, Braguinha, Elias dos Santos, Elizeu Medeiros, Ermínia, Joilson Pontes, José Guilherme, José Wellington, Ronaldo Ferreira e Thales Kelven. A curadoria da exposição ‘Expressões do Brejo’ é do artista visual Dyógenes Chaves e coordenação do artista plástico Angel Valdez. As obras compõem acervos dos artistas e dos colecionadores Zenóbio Toscano e Percinaldo Toscano.

 A Usina Cultural Energisa dá continuidade ao seu objetivo de mostrar a produção de artistas paraibanos contemporâneos. “Os artistas selecionados para esta mostra vêm de Guarabira e cidades vizinhas, região de destaque no cenário estadual como uma daquelas que mais incentiva a cultura, seja por meio do fomento à produção de artistas locais ou em novos espaços culturais”, diz André Theobald, diretor-presidente da Energisa na Paraíba.

 A exposição acontece no novo espaço localizado no prédio do Espaço Energia, a Galeria Alexandre Filho, recentemente inaugurada, numa homenagem a esse artista – que, aliás já residiu em Guarabira –, e é dedicada a mostrar a rica produção de artes visuais da Paraíba, da qual Alexandre é um dos principais protagonistas

Currículos dos artistas

Angel Valdez é natural de Mar del Plata (1948), criado em Buenos Aires e radicado em Guarabira/PB. Artista e professor de desenho artístico. Graduação em Belas Artes na Academia de Belas Artes, de Buenos Aires. Atualmente é diretor da Galeria de Arte Antônio Sobreira (Guarabira/PB). Realizou diversas mostras e ministração de cursos de artes, especialmente para crianças, na Colômbia, Peru, Bolívia e Brasil. Sua última exposição na Argentina foi em 1976, em Resistencia, região do Chaco. Em 2013 realizou a mostra individual Tango e Cores, em Guarabira.

 Marcelo Ribeiro (Braguinha) nasceu em Barra de Santa Rosa/PB e está radicado em Guarabira há mais de 30 anos. Quando criança desenhava e pintava nas calçadas as paisagens de sua cidade. Foi letrista e pintou placas comerciais como sobrevivência. É policial e em suas horas vagas pinta em óleo sobre tela.

 Elias dos Santos nasceu em Caruaru/PE (1958). Radicado em Guarabira. Atua desde os 12 anos nas artes visuais e trabalha com pintura, escultura, desenho, gravuras. É poeta, ator, ilustrador de livros e músico. Como professor de artes ministrou cursos de pintura promovidos pelo Sesc e Senai. Ministra cursos de Artes Plásticas na Secretaria de Cultura de Guarabira, no Executivo Colégio e Curso (Guarabira-Bananeiras), GEO Santo Antônio e Projeto Fazendo Arte, em Araruna. Criou o Projeto Artes Plásticas para o povo em Artdoor em 1993. Foi colunista de Artes nos Jornais do Brejo e Nosso Tempo. Exposições desde 1981 em cidades como Campina Grande, João Pessoa, São Paulo, Guarabira e municípios do Brejo e Curimataú paraibanos.

 Elizeu Medeiros é natural de Guarabira/PB (1987). Começou sua trajetória nas artes em 2005, com o professor Angel Valdez. Participou de exposições coletivas no Sesc e na Galeria de Arte Antônio Sobreira. Atualmente está se dedicando à pintura de paisagem.

 Ermínia Kaline Gonçalves de Andrade nasceu em Pirpirituba/PB (1986). Aos 15 anos passa a desenvolver a técnica de pintura a óleo frequentando cursos de pintura e desenho. Participou de várias exposições no brejo paraibano, em Pirpirituba e Guarabira. È aluna do professor Angel Valdez.

Joilson Pontes é natural de Mamanguape/PB (1979). Na infância, em Guarabira, teve a influência do pai artista e conhecido como João Pintor que executava pinturas em carrocerias, letreiros, faixas, paisagem de igrejas e quadros. Desde 1994 vem participando de exposições coletivas em Guarabira e cidades vizinhas. Em 2017 foi selecionado para a Bienal Internacional de Arte Naif, em Socorro, São Paulo.

 José Guilherme nasceu no Rio de Janeiro (1959). Artista Naif. Atualmente mora e trabalha no Rio de Janeiro. Zé é um andarilho das artes, viajando continuamente por diferentes localidades, sendo que a sua cidade preferida, depois do Rio de Janeiro, é Guarabira. Sofre influencias em seu trabalho do artista Heitor dos Prazeres. Sua pintura aborda a cultura popular, com destaque também para a religiosidade de matizes africanas (Umbanda). É fundador da Feira Hippie de Ipanema, no Rio de Janeiro.

 José Wellington nasceu em Guarabira/PB (1982), onde vive e trabalha. Pinta desde 2003, sempre atuando na arte Naif. Participou de exposições na região do Brejo paraibano e no Sesc Centro, em João Pessoa

Ronaldo Ferreira de Lima é natural de Cacimba de Dentro/PB (1983). Autodidata. Seu primeiro contato com a pintura foi através do arquiteto Marcony Grevi na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, em 2005. Desde então tem participado de exposições no Brejo e no Curimataú paraibano.

Thales Kelven nasceu em Casserengue, Curimataú paraibano. Filho de professora e de agricultor. O artista consegue expressar de maneira muito própria, com a sua caligrafia, o cotidiano vivenciado pelo povo nordestino sofrido da seca, permeado pela fauna e a flora silvestre. Tem realizado exposições pelo Brejo e Curimataú da Paraíba.

 

Postado às 17h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".