Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

10 ABR
16h34

Lucas ressalta que PV apresenta o melhor modelo de gestão para a Paraíba


Lucas ressalta que PV apresenta o melhor modelo de gestão para a Paraíba
O vereador Lucas de Brito acredita que o Partido Verde (PV) tem reais condições de apresentar uma candidatura competitiva para as eleições deste ano ao Governo do Estado. O parlamentar, que se filiou à legenda no último sábado, ressaltou o poder de articulação do prefeitos Luciano Cartaxo e Romero Rodrigues (PSDB) e defendeu que ambos assumam o protagonismo na formação da chapa da oposição.
 
“Acho que eles precisam assumir o leme do processo. Aqui na capital paraibana Luciano Cartaxo tem uma liderança consolidada. Em Campina Grande, Romero Rodrigues faz uma gestão muito bem avaliada. Esses dois gestores são eleitores fortes para o processo eleitoral e precisam coordená-lo no propósito de reunificar as oposições”, avaliou o parlamentar.
 
Para Lucas, o PV conseguiu uma excelente estruturação sob o comando de Cartaxo, filiando mais de mil pessoas até o final de semana passado. O fortalecimento da legenda passa também pela presença em uma chapa competitiva o que impulsiona a candidatura de Lucélio Cartaxo, segundo ele. “Acho que o pré-candidato do PV desponta com um nome capaz de agregar os partidos que militam no campo das oposições”, opinou.
 
O vereador ainda comentou a filiação ao PV e destacou que ela atendeu a um convite do prefeito Luciano Cartaxo. “Num gesto de confiança ao seu projeto político-partidário nos filiamos, apostando no crescimento do grupo e na melhor alternativa para o desenvolvimento da Paraíba”, afirmou. Lucas de Brito acrescentou que as bandeiras do PV são compatíveis com a do Livres, movimento que o parlamentar integra desde 2016 e que prega, entre outras ações, a sustentabilidade.
 

Postado às 16h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".