Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

16 MAI
21h45

Após pedido de suspensão pela DPPB, UEPB adota cota racial em processo seletivo


Após pedido de suspensão pela DPPB, UEPB adota cota racial em processo seletivo
A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) adotará todas as providências cabíveis, no sentido de adequar os processos seletivos para as 42 vagas de agente de portaria e 20 de analistas desenvolvedores de sistema, inclusive com republicação dos respectivos editais, até esta quarta-feira (16).
O pronunciamento do Reitor Rangel Júnior se deu através da Procuradoria Jurídica da Instituição junto ao Juízo da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campina Grande na Ação Civil Pública ajuizada pelos defensores Marcel Joffily e José Alípio Bezerra de Melo, pela inexistência de cotas raciais.
O ajuizamento das ações se deu após esgotadas pelos defensores públicos todas as tentativas de solução administrativa. Em Juízo, a UEPB reconheceu que os questionamentos formulados absolutamente procedentes, por se fundamentaram no que preleciona a legislação em vigor.
 

Postado às 21h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".