Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

28 JUN
19h21

Sindojus-PB participa de audiência pública sobre eficiência de gestão no TRT-PB


Sindojus-PB participa de audiência pública sobre eficiência de gestão no TRT-PB

O Sindojus-PB esteve representado por seu presidente Benedito Fonsêca, na manhã desta quinta-feira (28), no Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região), em João Pessoa, em uma audiência pública, junto a outras instituições em busca da melhoria dos serviços prestados, principalmente, a redução no tempo de tramitação dos processos.

O encontro, que teve como objetivo construir Metas Nacionais do Poder Judiciário em direção a uma gestão judiciária mais transparente, transversal e inclusiva ocorreu no auditório da Escola Judicial do Tribunal do Trabalho da Paraíba (EJud) e contou com a participação de aproximadamente 20 instituições como Governo do Estado, Procuradoria do Ministério Público do Trabalho, Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho, Corregedoria da Justiça do Trabalho, Juízes do Trabalho da 13ª região, Servidores da Justiça do Trabalho, Central Única dos Trabalhadores, Federações de Empregados, Sindicatos Patronais e Sindicatos de diversas categorias dos Trabalhadores.

A plenária consistiu em uma avaliação das metas atingidas pela Justiça do Trabalho, e a discussão da política para o ano de 2019, com envio de sugestão ao Conselho Nacional de Justiça de ata dos trabalhos conforme a Resolução 221/2016.

Metas Nacionais do Poder Judiciário

“Considero que a audiência pública das mais proveitosas e irei sugerir ao desembargador-presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Joás de Britto Filho, que oportunize um momento como esse, para que em nível estadual possamos aprofundar e democratizar ainda mais o debate em torno de decisões estratégicas e administrativas, uso de suprimentos de fundo e boas práticas voltadas à melhoria de gestão, com reflexos para servidores e sobretudo, jurisdicionados”, afirmou Benedito.

 
 

Postado às 19h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".