Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

09 AGO
21h52

Candidata ao Senado firma compromisso com Oficiais de Justiça


Candidata ao Senado firma compromisso com Oficiais de Justiça

A candidata ao Senado Daniela Ribeiro (PP) esteve na tarde desta quinta-feira, na sede do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado da Paraíba, ocasião em que recebeu de diretores e manifestou integral apoio, caso seja eleita, a uma extensa pauta de reivindicações de interesse da categoria, que incluem o direito ao porte de arma, aposentadoria especial, Lei Orgânica, isenção de tributos na compra de arma e munição e isenção de IPI na compra de veículos.

Ela considerou a pauta das mais justas e destacou a história de parceria com os Oficiais de Justiça construída ao longo de sua vida parlamentar, lembrando o voto favorável na CCJ e plenário da Assembleia Legislativa ao projeto que visava a isenção do IPVA na compra de veículos pelos integrantes da categoria e mais recentemente, na luta pelo arquivamento de projeto do TJ-PB que previa a desinstalação de 15 comarcas.

“Identifico nessa diretoria pessoas que têm forte comprometimento com a classe e a sociedade. Considero esse encontro dos mais proveitosos, pelas explicações que me foram dadas acerca de matérias que considero pertinentes e preocupantes”, afirmou Daniela.

Para o presidente Benedito Fonsêca, é sempre importante receber a parlamentar, pela disposição e compromisso que ela tem com a categoria e que, doravante, poderá  ter sua voz fortalecida através do Senado da República. O vice-presidente Joselito Bandeira agradeceu o apoio às pautas que tramitam na AL-PB e mostrou-se confiante em que esse trabalho agora ultrapasse os limites da Paraíba.

“Como diretores da Fojebra, enfatizamos o que o significado da pauta representa para a categoria em nível nacional, pois fizemos esses encaminhamentos não apenas como representantes do Sindojus-PB, mas também da Federação”, acrescentou.Participaram ainda do encontro os diretores jurídico, secretário e financeiro, respectivamente, Alfredo Miranda, Edvan Gomes e Djemerson Galdino.

 
 
 

Postado às 21h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".