Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

14 SET
17h13

Asplan e Agromape terão stand conjunto na Expofeira Paraíba Agronegócios


A edição 2018 da Expofeira Paraíba Agronegócios, que será realizada entre os dias 16 e 23 de setembro, no Parque de Exposições Henrique Vieira de Melo, em João Pessoa, vai ter, pela primeira vez, um stand da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan). A entidade vai dividir com a Agromape um espaço no evento para expor seus serviços e mostrar ao público seus diferenciais de atuação que a destacam como uma das mais organizadas e respeitadas entidades do setor produtivo do país.

A Expofeira é promovida pela Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca e conta com a execução da Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (FAEPA), além de contar com o apoio de diversas associações de criadores do Estado, entre elas, a Asplan. “Nosso público vai estar na exposição até porque, além de plantar cana, muitos de nossos associados também criam gado, produzem outras cultura, cultivam camarão, de forma que ter um espaço para divulgar como atuamos, quais são nossos serviços, incluindo ai aluguel de espaços para o público em geral, é uma forma de nos aproximarmos mais de nossos associados e ao mesmo tempo divulgar o que fazemos e como atuamos”, destaca o presidente da Asplan, José Inácio.

Programação

 lém da exposição de animais e produtos, a programação da Expofeira inclui leilões de cavalos, gado, ranqueada do Cavalo Pônei, de Jumento Pêga, raqueadas das Raças Boer, Sta. Inês, Doppler, Anglonubiana e raças leiteiras de caprinos e ovinos, além de Torneio Leiteiro do Mini Gado, Exposição Nacional do mini gado, concurso leiteiro das Raças Zebuínas, torneio Leiteiro de Caprinos, além da final da Copa Boer, da Raça Sindi e o Campeonato Nordestino do Cavalo Mangalarga Machador.

Postado às 17h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".