Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

25 SET
11h52

HUAC adere ao Setembro Amarelo e realiza palestra sobre prevenção ao suicídio


HUAC adere ao Setembro Amarelo e realiza palestra sobre prevenção ao suicídio
A campanha Setembro Amarelo ganha espaço no Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC) nesta quarta-feira (26) com a realização da palestra “Suicídio: o que sabemos?”. O evento, que começa às 9h30 no auditório da instituição, é promovido pela Unidade de Atenção Psicossocial, Setor de Serviço Social e Divisão de Gestão de Pessoas (DivGP) do HUAC, que é vinculado à Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).
 
Ação mundial, o Setembro Amarelo chegou ao Brasil em 2014, numa parceria entre a Associação Brasileira de Psiquiatria, o Conselho Federal de Medicina e o Centro de Valorização da Vida (CVV). Na explanação desta quarta-feira, serão abordados: epidemiologia do suicídio, fatores de risco, como identificá-los e qual o manejo. 
 
Segundo o psiquiatra Elton Souza de Lima, que fará a apresentação no HUAC, a campanha visa a minimizar a quantidade de mortes por suicídio, que são evitáveis na maioria das vezes. “Pensamos dessa forma porque mais de 90% dos casos de suicídio estão relacionados a algum quadro psiquiátrico. Assim sendo, acreditamos que, ao tratarmos bem esses quadros psiquiátricos, diminuímos os riscos dessas ocorrências”, afirmou, ressaltando que o problema é sério e faz cerca de 11 mil vítimas por ano apenas no Brasil. 
 
Dentro os objetivos do Setembro Amarelo, também estão: chamar a atenção da sociedade para esse grave problema de saúde pública; fornecer informações técnicas sobre os principais fatores de risco e as formas de prevenção do suicídio; contribuir para a redução do estigma e do preconceito; e reconhecer o potencial de cada indivíduo da sociedade civil para ajudar na redução das taxas de suicídio.
 
SOBRE O PALESTRANTE
 
Elton Souza de Lima é graduado em Medicina pela UFCG e fez Residência Médica em Psiquiatria pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em 2016. Nessa instituição, atua como médico psiquiatra e também é preceptor da Residência Médica de Psiquiatria. Desde junho de 2018, é médico psiquiatra do HUAC/UFCG — cargo que ocupa após ter sido contratado pela Ebserh via concurso público.
 
Angélica Lúcio 
Jornalista | HUAC

Postado às 11h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".