Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

08 NOV
14h32

Institutos de Estudos de Protesto de Títulos da PB e MA se unem em torno da modernização de serviços


Institutos de Estudos de Protesto de Títulos da PB e MA se unem em torno da modernização de serviços

Avançar com o protesto de títulos e outros documentos em todo o território brasileiro, começando pelos estados do Nordeste. Esse foi um dos assuntos tratados durante encontro entre representantes do Instituto de Protesto do Maranhão e o Instituto de Protesto da Paraíba na sede da Central de Remessa de Arquivos (CRA-MA) em São Luís do Maranhão.

Na ocasião, também foi discutida a implantação do Sistema Integrado de Pagamento de Títulos (SIPAT), que é uma ferramenta que possibilita uma maior transparência e integridade na hora da quitação de uma dívida. Esse serviço tem como objetivo agilizar, desburocratizar e facilitar a interação entre os cartórios e o devedor.

Para pagar um título, o usuário acessará a página principal do SIPAT e imediatamente vai se deparar com um campo onde deve-se informar o código que consta na sua intimação. Depois de informar o código, é só clicar no botão consultar e será gerado o boleto para pagamento. São os cartórios de protesto trazendo mais segurança, praticidade, transparência e controle para seus usuários.

Agilidade no processo de transferência

Para Ricardo Franklin, diretor da Virtus Sistemas (empresa responsável pela criação do SIPAT), esse sistema vem para reduzir consideravelmente o custo operacional para os cartórios e também para o Instituto. “A grande vantagem da implantação do sistema é que agiliza muito o processo da transferência dos valores para os apresentantes. O processo de pagamento dos títulos fica muito mais rápido com essa sistemática, que já foi adotada em estados como Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Outro assunto bastante relevante discutido na reunião foi a captação de novos convênios para o Instituto. Erik Tiago O gerente comercial do IEPTB-PB, Erik Tiago, fez a  demonstração na reunião de um modelo de sucesso de captação de novos apresentantes, modelo que já está sendo implantado no estado da Paraíba.

PB: experiência de sucesso

Christian Carvalho, Superintendente do Instituto de Protestos do Maranhão, considerou a reunião de extrema importância para o crescimento do protesto no Maranhão. “Trazer a experiência de sucesso do Instituto da Paraíba para o Instituto do Maranhão é bastante relevante, pois é preciso buscar soluções inovadoras e uniformizações para o protesto em todo o estado. E a Paraíba já está fazendo um excelente trabalho como, por exemplo, na captação de novos convênios para o Instituto”, destacou.

O encontro contou com a presença de Paulo de Tarso Guedes Carvalho, presidente do IEPTB-MA, de Christian Carvalho, Superintendente do Instituto de Protestos do Maranhão, de Ricardo Franklin, diretor da Virtus Sistemas, de Luan Brito, analista de sistemas da Virtus Sistemas, de Erik Tiago, gerente comercial do IEPTB-PB, de Windisson Lima Cardoso, representante do 5º ofício de Imperatriz e sócio-proprietário da PJA Protesto e cobrança, de Genivaldo Lima, consultor da comarca dos cartórios de Açailândia e Balsas e proprietário da empresa Sysga, e de funcionários do IEPTB-MA.

 O Instituto de Protesto do Maranhão está trabalhando cada vez mais para modernizar os serviços do protesto em todo o Estado.

 

Com IEPTB-MA

Postado às 14h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".