Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

02 DEZ
19h08

Corregedora-geral de Justiça do MT é homenageada com prêmio Toscano de Brito


Corregedora-geral de Justiça do MT é homenageada com prêmio Toscano de Brito

“Sua liderança incansável e inovadora foi fundamental para os avanços nos serviços extrajudiciais no Estado de Mato Grosso, em especial, em relação à postergação dos emolumentos do protesto, que resultou no reconhecimento nacional por meio do prêmio Toscano de Brito recebido pelo IEPTB-MT no Encontro Nacional dos Tabeliães de Protesto deste ano”.

Com estas palavras gravadas em uma placa, as presidentes do Instituto de Protesto de Mato Grosso (IEPTB-MT), Velenice Dias Almeida e Lima, e da Associação dos Notários e Registradores (Anoreg-MT), Niuara Ribeiro Roberto Borges, homenagearam a corregedora-geral de Justiça, desembargadora Maria Aparecida Ribeiro.

A entrega ocorreu na última sexta-feira (30) durante a Jornada de Estudos da Consolidação das Normas da Corregedoria-Geral de Justiça do estado.

Destaque em nível nacional

Velenice Lima agradeceu a magistrada por todo o apoio e por ter acreditado na postergação total dos emolumentos do protesto, tornando Mato Grosso o segundo estado a adotar a prática no país depois de São Paulo.

“Esse prêmio Toscano de Brito também é uma conquista da desembargadora e sua equipe que passaram a divulgar o protesto de dívida como a melhor forma de cobrança de dívida, em especial, junto ao poder público, às prefeituras. Tanto que inseriram a modalidade do protesto na Cartilha do Mutirão de Conciliação Fiscal”, observou.

Respeito à classe      

A desembargadora agradeceu a homenagem e consignou seu reconhecimento ao trabalho dos notários e registradores nos cartórios de todo o estado. “Vocês são vencedores, são guerreiros, pertencem a uma classe que tem o respeito do cidadão, do Poder Judiciário e órgãos públicos. Ao percorrer todo o estado como corregedora, pude conhecer melhor a luta e os desafios de vocês”, pontuou. 

Também foram homenageados o juiz auxiliar da Corregedoria-Geral de Justiça Aristeu Dias Batista Vilela e a advogada e consultora jurídica Luciana Monduzzi por terem também contribuído para a postergação do protesto extrajudicial em Mato Grosso.

Sobre o prêmio

O prêmio Toscano de Brito foi instituído para materializar os sentimentos de gratidão e reconhecimento à atuação dos notários, registradores e autoridades que se destacam dentro do universo que é o Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil (IETPB).

Com Assessoria de Imprensa IEPTB-MT

 

Postado às 19h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".