Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

03 DEZ
19h05

Lucas comemora convocação de aprovados em concurso para UPA de Cruz das Armas


Lucas comemora convocação de aprovados em concurso para UPA de Cruz das Armas
O vereador Lucas de Brito (PV) celebrou o anúncio feito pelo prefeito Luciano Cartaxo (PV) sobre a convocação dos aprovados no concurso da UPA de Cruz das Armas, a partir desta segunda-feira (03). O gestor garantiu a convocação de 99 aprovados, em 1ª chamada, para a unidade, entretanto, serão nomeados 139 profissionais aprovados no concurso da Saúde realizado realizado este ano pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).
 
No mês de novembro, o parlamentar havia recebido uma comissão composta por integrantes dos aprovados pedindo a mediação junto ao governo para que houvesse a chamada. “Temos que comemorar esse anúncio como parte do atendimento ao nosso pleito e parabenizar o prefeito pelo compromisso com os concursos públicos realizados pela gestão”, destacou Lucas.
 
A unidade de saúde foi inaugurada em 28 de dezembro de 2016 e, para isso, foram contratados prestadores de serviço de forma emergencial a partir de um processo seletivo simplificado. O prazo para a atuação destes profissionais expira neste mês de dezembro o que havia gerado uma preocupação quanto ao funcionamento da UPA e à oferta de serviços à população.
 
A UPA de Cruz das Armas é considerada uma grande aquisição da população por beneficiar aproximadamente 200 mil pessoas da zona Oeste da Capital. Além dos aprovados para o local, a gestão municipal convocou outros 11 aprovados para o Samu, além de mais 29, em 6ª chamada, para a UPA dos Bancários. Assim, o atual governo municipal contabiliza a contratação de 1.199 concursados só para a área da Saúde.
 
Assessoria 

Postado às 19h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".