Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

11 SET
20h30

Ônibus divulgam campanha do MPPB contra feminicídio, em JP


Já estão circulando, em bairros da capital paraibana, 20 ônibus urbanos do transporte coletivo que foram adesivados com peças da campanha 'Nenhuma a menos Paraíba!', idealizada pelo Núcleo de Gênero do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e pela Câmara Municipal de João Pessoa, para prevenir e combater o crime de feminicídio. De acordo com dados da Secretaria de Segurança e Defesa Social, 52 mulheres foram assassinadas, nos últimos 18 meses, em todo o Estado, por questões relacionadas ao gênero. Isso representa 41,6% de todos os homicídios contra vítimas do sexo feminino registrados no período.
 
Os busdoors foram viabilizados através de um termo de cooperação técnica celebrado, no último dia 30 de agosto, com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP), que junto com outras empresas, engajou-se na campanha educativa, que visa orientar a população a como proceder nesses casos de violência contra a mulher, a quem recorrer e como denunciar.
 
Segundo o termo de cooperação, os busdoors deveriam começar a circular no dia 10 de setembro, mas conforme explicou o diretor-institucional do Sintur, Isaac Moreira, houve um grande empenho das empresas e 10 dos 20 veículos foram adesivados antes e começaram a rodar já na sexta-feira (6); os demais entraram em circulação no prazo definido. Os veículos de várias empresas são de diversas linhas, inclusive circulares, e devem percorrer diversos bairros da capital e também de municípios vizinhos, a exemplo de Bayeux, Santa Rita e Cabedelo.
 
Nesta quinta-feira (12), a promotora de Justiça Caroline Freire, que integra o Núcleo de Gênero, fará uma visita à garagem da empresa Transnacional para ver o resultado da parceria. “O trabalho isolado não tem a repercussão necessária e a parceria com o Sintur é muito importante. Os outdoors em ônibus têm uma visibilidade e uma repercussão social notórias e vão possibilitar o acesso do conteúdo da campanha a toda a sociedade”, destacou.
 
O termo de cooperação também estabelece que os ônibus adesivados com as peças da campanha 'Nenhuma a menos, Paraíba!' vão circular durante todo o mês de setembro e outubro.
 
A campanha
 
A campanha 'Nenhuma a menos, Paraíba' foi lançada no MPPB no último dia 23 de agosto, tendo como mote o Agosto Lilás e também os 13 anos da Lei Maria da Penha, um importante marco jurídico no enfrentamento da violência de gênero no País.
 
Inspirada no movimento #NiUnaMenos (iniciado nas redes sociais, por mulheres argentinas, em 2015, em protesto contra a violência machista), a campanha do MPPB paraibano visa conscientizar as pessoas sobre a violência contra a mulher e a importância da aplicação da Lei 13.104, de 2015, que alterou o Código Penal brasileiro para prever o feminicídio como circunstância qualificadora do crime de homicídio, aumentando a pena. Essa lei também incluiu o feminicídio no rol de crimes hediondos. Na Paraíba, medidas nesse sentido já vêm sendo adotadas por órgãos governamentais e instituições que integram o sistema de Justiça, a exemplo, da elaboração do protocolo para investigar, processar e julgar crimes de feminicídio no Estado.
 
Além do Sintur-JP, também foram celebrados termos de cooperação técnica com a PB Gás, Cagepa e Energisa, que se comprometeram a imprimir nas faturas mensagens sobre o tema da violência doméstica contra a mulher e canais para denúncia, como os disque 123, 190 e 197.

Postado às 20h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".