Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

06 NOV
12h26

Como a estrutura dos edifícios está relacionada à inspeção predial ? O Tambaú Imóveis responde


Como a estrutura dos edifícios está relacionada à inspeção predial ? O Tambaú Imóveis responde

Os desabamentos de dois prédios na comunidade da Muzema, em abril passado, no Rio de Janeiro, de um outro, no bairro de Afogados, em Recife, no mês seguinte e de mais um, no último dia 15 de outubro em Fortaleza, marcaram tristemente este ano com um trágico saldo de nove pessoas mortas e dezenas de feridos, gerando um sinal de alerta quanto à importância da realização de inspeções prediais.

O Programa Tambaú Imóveis do próximo sábado(9) lançará luz a questões como as principais causas de patologias em edifícios de concreto, o que o projetista estrutural e o executor da obra podem fazer para minimizá-las, bem como as normas brasileiras têm se atualizado para combatê-las, além dos tipos de problemas mais comuns em edificações de concreto armado.

“A entrevista que traremos com o engenheiro calculista Carlos Rolim e o engenheiro civil Luiz Cipriano será das mais didáticas e elucidativas quanto a esses e outros aspectos ainda pouco difundidos, como engenharia diagnóstica, vida útil de uma obra e em quais locais devem ser realizadas as vistorias das estruturas”, afirmou o apresentador, jornalista e advogado especialista em Direito Imobiliário, Rômulo Soares. Sobre o Tambaú Imóveis

O Programa, que vai ao ar às 9h15 de todos os sábados pela TV Tambaú, Canal 5.1 e pelo site wwws.portalt5.com.br, conta com o apoio do Sistema Cofeci-Creci e das construtoras N. Holanda, Massai, Exata e MRV Engenharia, bem como da Jampa Imobiliária.

O quadro “Momento Imobiliário”, apresentado pelo presidente do Cofeci, João Teodoro trará mais uma importante dica para o setor.

 

Postado às 12h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".