Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

05 FEV
17h47

Defensoria Pública realiza parceria com parlamentar para beneficiar inclusão de pessoas com deficiência


Defensoria Pública realiza parceria com parlamentar para beneficiar inclusão de pessoas com deficiência
A deputada federal Edna Henrique vai destinar R$ 250 mil em emenda parlamentar impositiva para a Defensoria Pública do Estado da Paraíba (DPE-PB). O recurso proveniente do Ministério do Turismo será utilizado na construção de um Espaço Turístico adaptado, na orla de Cabo Branco, para beneficiar a inclusão social de pessoas com deficiência. A parceria foi firmada na tarde da última segunda-feira (3), no gabinete do defensor público-geral da Paraíba, Ricardo Barros.
 
Com a adaptação do Espaço, o projeto Acesso Cidadão, administrado pela ONG AC Social - Assessoria e Consultoria para Inclusão Social, contará com uma estrutura fixa para desenvolver as atividades de esporte e lazer que já realiza na praia do Cabo Branco, em frente a Fundação Casa de José Américo.
 
Para o DPG Ricardo Barros, a parceria com a deputada federal na construção desse espaço vai estimular a participação de pessoas com deficiência a prática de atividades de esporte e lazer, bem como democratizar o acesso dessas pessoas ao banho e a contemplação do mar, maximizando o turismo na região.
 
“Acredito que a praia é um dos lazeres mais democráticos que existem, mas as pessoas com deficiência enfrentam muitos obstáculos, a começar pelo acesso ao mar. O Acesso Cidadão é uma iniciativa essencial para o bem estar de pessoas com deficiência física, motora e psíquica e a Defensoria Pública fica muito feliz em ser a ponte dessa conquista”, disse.
 
A deputada federal Edna Henrique lembra que o trabalho desenvolvido atualmente com esse público na orla da Capital é feito de maneira precária, já que a estrutura utilizada pelo projeto é móvel. “Todos os domingos eles têm que montar a estrutura toda, levar passarelas, cadeiras e todos os equipamentos de esporte e lazer. Montar um espaço fixo vai facilitar e melhorar a assistência dada às pessoas com problema de acessibilidade”, destacou.
 
PROJETO – O Espaço Turístico adaptado prevê a adequação de um espaço na areia da praia para a prática de vôlei e bocha; instalação de academia híbrida e playground com brinquedos adaptados interativos para crianças especiais; um quiosque de apoio com banheiros, depósitos, atendimento ao público, guarda volumes e copa; e, ainda, espaço de contemplação e convivência com piso nivelado integrado aos outros espaços, com esteira adaptada para facilitar a locomoção até o mar.

Postado às 17h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".