Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

07 FEV
18h14

Trabalho selecionado pelo Cofen: diretora da Frei Damião destaca protagonismo do enfermeiro na saúde


Trabalho selecionado pelo Cofen: diretora da Frei Damião destaca protagonismo do enfermeiro na saúde
Ao ter um trabalho selecionado pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e Pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) a enfermeira e diretora da maternidade Frei Damião, Selda Gomes, destacou o protagonismo do enfermeiro na área de saúde com um todo.
 
Ela explica que o enfermeiro atua na política nacional de atendimento integral à saúde da mulher e da criança por meio da viabilização dos programas de atenção à saúde e que ele é o profissional responsável por acompanhar o período pré-natal da mulher grávida, no parto e no puerpério, enquanto equipe, e com maior protagonismo, quando se trata da linha de cuidado de risco habitual.
 
Para Selda Gomes, o enfermeiro tem o seu papel desenhado junto a equipe, assumindo grande responsabilidade. Na prática, o desenho advém da competência e habilidade que se somam ao trabalho em equipe, buscando sempre o aprimoramento e sobretudo, um olhar humanizado.
 
De acordo com ela, o profissional enfermeiro conta com enorme responsabilidade no trato hospitalar, sendo responsável por diversas funções dentro dos cuidados com a saúde e o bem estar humano. ” O trabalho dos enfermeiros é feito pela proteção, prevenção, reabilitação e recuperação da saúde, contando com um sentido mais amplo além dos cuidados com a saúde”, destacou.
 
Ainda segundo Selda Gomes, cabe ao enfermeiro, em qualquer um de seus níveis de trabalho, coordenar, planejar e supervisionar a assistência prestada por equipes de saúde, atuando em áreas assistenciais, administrativas, gerenciais e também educacionais.
 
” O enfermeiro presta atenção ao paciente no sentido amplo, acompanhando sua evolução, detalhe: é quem de fato fica no beira leito do paciente em todos os momentos do cuidado. Selda enfatiza que o Enfermeiro também pode contribuir com conhecimento cientifico e habilidades especializadas, e recentemente ganhou espaço no mundo da estética, garantindo maiores cuidados aos pacientes e controlando práticas de qualidade na área da saúde.
 
Sobre o trabalho selecionado pelo Cofen – “Implantação da Linha de Cuidado de Gestação de Risco Habitual”, foi o projeto de intervenção selecionado pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), no Brasil, dentro da segunda etapa do projeto Laboratório de Inovação em Enfermagem.
 
O projeto, desenvolvido e implantado pela diretora geral da maternidade, Selda Gomes, está em quinto lugar entre os 39 selecionados dentro do eixo: “Ampliação do escopo de práticas”.  Selda Gomes explica que o objetivo do projeto de intervenção: Implantação da Linha de Cuidado de Gestação de Risco Habitual” é melhorar, dinamizar e humanizar ainda mais o atendimento aos pacientes, implementando um cuidado efetivo e seguro nas diversas indicações clínicas e obstétricas, e, consequentemente, reduzir os agravos a saúde materno fetal.  “Todo esse processo de normatização e validação da assistência, irá impactar nos indicadores de mortalidade materna e neonatal além de tornar os fluxos internos mais eficazes e eficientes”, explicou Selda Gomes.
 
Sobre a seleção – O seminário, que marcará a segunda etapa do Laboratório de Inovação, acontecerá em Brasília, entre os dias 16 a 18 de março. Na oportunidade, os autores terão a oportunidade de apresentar presencialmente a prática desenvolvida no Sistema Único de Saúde (SUS) para a comissão de avaliação, que escolherá as experiências que serão visitadas “in loco” pela equipe a partir de abril.
 
A comissão organizadora do Laboratório de Inovação tinha previsto inicialmente a seleção de 30 experiências, mas o bom nível dos relatos apresentados motivou a ampliação das vagas. Confira as 39 experiências selecionadas na segunda etapa do Laboratório de Inovações em Enfermagem.
 
“Ficamos satisfeitos com as experiências que recebemos. Nós ampliamos as vagas para o seminário em Brasília pois não poderíamos deixar de fora experiências que estão impactando a saúde da nossa população. Com esta iniciativa estamos tendo um panorama, em tempo real, das boas práticas da Enfermagem no SUS”, afirmou a vice-presidente do Cofen, Nádia Ramalho.
 
 
Assessoria

Postado às 18h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".