Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

30 JUL
18h37

Programa mostra como direitos de família vêm aflorando durante a Covid-19


Programa mostra como direitos de família vêm aflorando durante a Covid-19

A pandemia da Covid-19 não apenas vem provocando óbitos, reflexos na economia, e mudanças de hábito pessoal e profissional, mas mexendo com as vidas das pessoas em relações familiares, seja através, por exemplo do aumento no número de testamentos, seja por meio de pedidos de revisão de pensão alimentícia.

Assim, famílias têm, aos poucos, atentado para direitos e condições até então ignorados ou desconhecidos, relativos a herança de filhos adotados, necessidade de outorga marital em negociação imobiliária, competência da obrigação do pagamento da pensão alimentícia e regras de contratos de namoro, de convivência e de geração de filhos.

Essas e outras questões, novas e polêmicas, serão abordadas pelos advogados especialistas em Direito de Família, Dimitri Soares e Maria Cristina Soares durante entrevista ao Programa Tambaú Imóveis, que irá ao ar durante o próximo sábado(1).

Questões polêmicas

Muita gente não sabe que existe e muito menos, como funciona o contrato de namoro no ordenamento jurídico brasileiro e se ele requer homologação judicial ou escritura pública. Outros nunca ouviram falar em contratos intramatrimoniais e há aqueles que mantêm simultaneamente uniões estáveis, sem saber de sua legitimidade.

“Sábado, traremos luzes a todas essas qestões”, afirmou o afirmou o jornalista João Thiago, que está temporariamente apresentando o programa, em virtude de licença do titular, Rômulo Soares, que deve retornar nos próximos dias.

Sobre o programa

O Tambaú Imóveis, que vai ao ar às 9h de todos os sábados, pela TV Tambaú, Canal 5.1 e pelo site www.portalt5.com.br conta com o apoio do Sistema Cofeci-Creci e das construtoras Alliance e MRV Engenharia, bem como da Jampa Imobiliária e FK Imóvéis. O quadro “Momento Imobiliário”, apresentado pelo presidente do Cofeci, João Teodoro traz mais uma importante dica para o setor.

Postado às 18h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".