Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

10 DEZ
20h56

Paraibano integra nova diretoria da Associação Nacional dos Defensores Públicos


Paraibano integra nova diretoria da Associação Nacional dos Defensores Públicos

Os defensores públicos paraibanos, sobretudo os aposentados, contam a partir desta quinta-feira (10) com uma expressiva representação em nível nacional, através do defensor público Fábio Liberalino da Nóbrega, integrante, como Diretor Adjunto de Aposentadas e Aposentados, na chapa única "Integração: diálogo e ação para garantia de prerrogativas e direitos" aclamada hoje para conduzir os destinos da Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP), no biênio 2021-2023.

Desde sempre, Fábio Liberalino guarda profunda identificação com os defensores públicos aposentados, tendo sido, inclusive, quando conselheiro da DPE-PB, proposta de sua autoria, no sentido de que estes pudessem votar na eleição para defensor público-geral.

Natural de Santa Luzia e possuidor de pulsante veia literária, onde costuma peticionar em versos, Fábio Liberalino é defensor público desde 1987, foi conselheiro da DPE-PB no biênio 2016/2018 e diretor jurídico da Associação Paraibana dos Defensores Públicos, para a qual foi eleito também em Chapa única, para o triênio 2020/2023.

Gratidão e disposição de trabalho

“O momento é de gratidão a todos os colegas que me confiaram, através do voto, essa nova missão. Trabalharei incansavelmente, agora com ainda mais condições, para não apenas corresponder, mas superar as expectativas”, afirmou.

A eleição se deu para os conselhos diretor, consultivo e fiscal da ANADEP. A chapa foi encabeçada pela defensora pública Rivana Ricarte, que está na Defensoria Pública do Acre desde 2002. Na ANADEP, Ela é a atual vice-presidente institucional e foi também diretora de comunicação no biênio 2017-2019. Foi a primeira mulher brasileira a ser indicada para o cargo de Defensora Pública Interamericana, onde atua perante a Corte e a Comissão Interamericana de Direitos Humanos, desde 2016.

É mestra em Direito pela Universidade Federal da Paraíba, doutora em Direito pela Faculdade de Direito da USP e membra da Coletiva de Mulheres Defensoras Pública do Brasil. Ela será a terceira mulher a ocupar a cadeira da presidência da ANADEP e a primeira representante da região Norte no cargo.

Já as vice-presidências da chapa são compostas pela defensora pública do Distrito Federal Rita Lima (vice-presidente institucional); pelo defensor público de Minas Gerais Flávio Wandeck (vice-presidente jurídico-legislativo); e pelo defensor público de São Paulo Augusto Barbosa (vice-presidente administrativo).

Clique aqui e confira a composição na íntegra da referida chapa.

Postado às 20h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".