Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

31 DEZ
12h31

Processo Seletivo da Ebserh reabre inscrições para contratação de profissionais para combate à covid-19


Processo Seletivo da Ebserh reabre inscrições para contratação de profissionais para combate à covid-19

A reabertura de inscrições para o Processo Seletivo Emergencial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) tem por objetivo a formação de cadastro de profissionais de nível superior e técnico para triagem a atendimento direto ou indireto aos pacientes confirmados ou suspeitos de covid-19, para a complementação da força de trabalho nos Hospitais Universitários, visando o atendimento à população no combate à pandemia. 

Para o Hospital Universitário de Campina Grande (HUAC-UFCG/Ebserh) as vagas são para o cargo de médico nas seguintes especialidades: anestesiologista, clínica médica, medicina de emergência e medicina intensiva. 

As inscrições deverão ser feitas via internet no endereço eletrônico http://www.ebserh.gov.br/Regulamentada . As inscrições já estão abertas e vão até as 12h do dia 06 de janeiro de 2021, mediante o preenchimento do Formulário Eletrônico de Inscrição, anexação de Currículo, Diploma e documentação comprobatória dos Títulos e Experiência Profissional a serem pontuados. 

Acesse os editais e formulários de inscrição aqui: 

Sobre a ebserh - Desde dezembro de 2015, o HUAC-UFCG é filiado à Rede Hospitalar Ebserh. A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. 

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, contribuem para a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país. 

 

Postado às 12h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".