Twitter Facebook

Siga Cândido Nóbrega

14 SET
16h43

Especialista orienta pais e mães de primeira viagem sobre quando buscar um pediatra para o bebê


Especialista orienta pais e mães de primeira viagem sobre quando buscar um pediatra para o bebê
Além das consultas de rotina, pediatra da Unimed JP, Constantino Cartaxo, orienta familiares a identificar quando o recém-nascido precisa de ajuda especializada
 
Os recém-nascidos choram para expressar que estão com fome, com sono e com dor. Essa é a maneira mais eficiente para eles se comunicarem, e cabe aos pais distinguir os tipos de choro. Para os iniciantes na maternidade e paternidade, esse pode ser um momento delicado: saber identificar se há um problema sério e quando procurar um especialista.
 
Independentemente de questões pontuais, o pediatra Constantino Cartaxo, médico cooperado da Unimed João Pessoa, orienta que os pais devem procurar um especialista entre o 10º e o 15° dias após a alta da maternidade. Além de diminuir os riscos de doenças, a conversa com o pediatra ajudará a diminuir a ansiedade em situações mais simples do dia a dia com o bebê. “O pediatra deve ser aquele que orienta, educa, diagnostica e, quando necessário, medica”, comenta.
 
Constantino Cartaxo orienta que as consultas sejam mensais nos primeiros seis meses e, depois, com oito, dez e doze meses, ou quando a criança apresentar febre, gemido, sonolência, sinais de cansaço ou manchas na pele. “São nesses momentos que avaliamos os desenvolvimentos físico, motor, pôndero-estatural, que são crianças com crescimento insuficiente por baixa ingesta calórica, com ou sem outra doença subjacente, emocional e alimentar”, explica.
 
Dúvidas - As principais doenças em crianças são causadas por vírus, especialmente no berçário, creche, escola e nos períodos de chuva. Mas, como lidar com as cólicas, refluxo, amamentação correta e como fazer o bebê dormir são dúvidas recorrentes dos novatos na maternidade ou paternidade.
 
Segundo Constantino Cartaxo, a cólica normal começa após 10 dias de vida e pode se prolongar até o terceiro ou quarto mês, principalmente no fim de tarde e à noite. “Este tipo [de cólica] não deve ser medicado, mas sim, a família ser orientada a respeito da transitoriedade. Já fora desse horário ou quando há outros sinais associados como a diarreia, deficit de ganho de peso ou outro, deve-se procurar orientação do pediatra”, esclarece.
 
O especialista também acalma os pais de primeira viagem quanto ao refluxo. De acordo com ele, essa situação é muito comum em bebês e não atrapalha o ganho de peso da criança, assim como não causa sintomas digestivos ou respiratórios.
 
Orientações úteis - Já a amamentação deve ser realizada de forma tranquila, observando se há boa pega do seio, envolvendo a aréola mamária e não o bico, que causará dor e terá pouca saída o leite. “Também deve ser oferecido [o seio] sem horário fixo e até que a criança esteja saciada”. 
 
Quanto ao banho, deve ser realizado em banheira, inicialmente, com o bebê sentado e bem seguro nos braços do adulto, duas ou três vezes ao dia, com uso de sabonete apenas uma vez.
 
Na hora de dormir, também é essencial prestar atenção no conforto e na segurança do bebê. O pediatra recomenda que, de preferência, ele fique de barriga para cima e siga uma rotina no horário e ambiente.
 
Ao seguir as orientações do pediatra, é possível ter um bebê mais saudável e ativo. E toda a família mais feliz. “A criança deve ser curtida e aproveitada pelos pais com alegria, diversão, tranquilidade e liberdade para vivenciar a infância. Então, nada de telas como televisão, tablet ou computador até, no mínimo, dois anos”, sugere.
 
Sobre a Unimed JP - Com 49 anos de tradição, a Unimed João Pessoa é uma cooperativa de trabalhos médicos que se consolidou como a melhor e maior operadora de planos de saúde da Paraíba. Além de mais de 1,8 mil médicos cooperados, possui a mais completa rede de assistência médico-hospitalar privada do Estado. São diversos hospitais credenciados, sendo dois próprios - um deles referência em alta complexidade -, além de clínicas, prontos-socorros e laboratórios à disposição de 150 mil clientes. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, é signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Tudo isso garante à Unimed JP a liderança absoluta no segmento de saúde suplementar no mercado paraibano. Acesse www.unimedjp.com.br.
 
Outras informações:
Instagram: @unimedjoaopessoa
LinkedIn: /company/unimed-joao-pessoa
Facebook: /unimedjoaopessoa
Twitter: @unimed_jp

Postado às 16h, por Cândido Nóbrega


Seu comentário agora é social. Você precisa estar conectado no Facebook para postar seus comentários.

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".