Publicado em 28/10/2013 às 23:30

Sistema permite a pessoas negativadas abertura de contas bancárias

Encontra-se disponível no mercado a a conta não bancária pré-paga, que permite ao consumidor que tenha o nome negativado, usufruir de uma série de serviços que até então só pertenciam a quem possuía uma conta em banco, reinserindo-o no mercado de pagamentos

Segundo a empresa ContaSuper, é possível enviar DOC e TED para qualquer banco brasileiro, pagar contas pela internet, pagar fornecedores e empregados, dar mesada aos filhos fazer compras à vista em mais de 1,8 milhões de estabelecimentos MasterCard no Brasil e no Exterior e também na internet.

E mais, transferir valores para outros cartões Super, recarregar celulares pré-pagos de operadoras locais, e verificar o saldo do cartão MasterCard pré-pago e suas movimentações pela internet por SMS, Central de Atendimento, aplicativo de todos os smartphones e pela internet.

Também é permitida a emiissão de boletos de cobranças e até jogos nas loterias da Caixa Econômica Federal sem sair de casa.

Pagamentos eletrônicos

Para reforçar o segmento, no último dia 9 foi aprovada a Lei 12.865, que deu ao Banco Central poder de supervisionar e regular todo o setor de meios de pagamento eletrônicos. Já o Conselho Monetário Nacional pode emitir suas primeiras regras oficiais para o segmento na próxima quinta-feira 31.

Isso deve reforçar a concorrência no setor que está em crescimento. De acordo com o vice-presidente de marketing Luiz Almeida, nos meses de agosto e setembro a ContaSuper apresentou um crescimento de 10%, com 20 mil contas abertas apenas em lojas de varejo e na internet. Boa parte delas, de pessoas com o nome negativado, que procuram alternativas para se inserirem nos meios de pagamentos.

Para ter uma ContaSuper é preciso ser maior de idade, ter CPF e se cadastrar em www.contasuper.com.br ou ligar para a Central de Relacionamento em (11) 2388 1649 e (11) 3254 8280 para grande São Paulo e 0800 767 3773 e 0800 787 3772 para as demais localidades.