Publicado em 03/02/2018 às 09:13

Inauguração de Núcleo de Atendimento amplia acesso à justiça em Cabedelo

O acesso à justiça gratuita para pessoas carentes da região polarizada pelo município de Cabedelo ficou mais fácil, com a inauguração, na última terça-feira, de um Núcleo de Atendimento da Defensoria Pública na cidade. Além dele, outros dois, em João Pessoa e Campina Grande, foram entregues em pouco mais de um ano de gestão da defensora pública-geral da Paraíba, Madalena Abrantes.

Ao agradecer em nome dos defensores públicos que atuam na Comarca, o defensor Gerardo Rabello destacou o momento de grande importância para a Instituição - nunca tão perseguida – e a incansável luta de Madalena para superar dificuldades e fazer as coisas acontecerem.

Valorização de conquista

O presidente da Associação Paraibana dos Defensores Públicos, Ricardo Barros, valorizou mais essa conquista, diante do diminuto orçamento da DP, congelado desde 2014 e traduziu em números a produtividade de trabalho dos que a integram, exemplificando as quase 18 mil ações ajuizadas e mais de duas mil ações protocoladas na área de saúde.

Por sua vez, o prefeito de Cabedelo, Leto Viana, enalteceu os grandes serviços prestados pela Defensoria e ratificou o compromisso de parceria da edilidade, que já cedeu funcionários, como psicólogo, assistente social e guarda municipal. De forma uníssona, os deputados estaduais Raniery Paulino, Daniela Ribeiro e o senador Cássio Cunha Lima, deram testemunho sobre a dedicação profissional dos que fazem a DP, lembrando que sem ela, responsável por 80% das ações na Paraíba, não há justiça.

Agradecimentos

A série de pronunciamentos foi encerrada pela defensora pública-geral Madalena Abrantes, que agradeceu ao juiz Paulo Roberto, do Juizado Especial da Comarca, precursor da iniciativa; ao desembargador-presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Joás de Brito Filho, que cedeu o imóvel; ao prefeito Leto Viana, pela cessão de funcionários, e à empresária Adriana Lécia, pela doação do parque instalado no local, para divertir e abrigar as crianças que lá forem acompanhadas de seus pais ou responsáveis durante o atendimento.

Para a defensora pública-geral Madalena Abrantes, investimentos em infraestrutura como esse proporcionam melhores condições de trabalho para os defensores públicos, bem como um ambiente mais adequado para o atendimento ao nosso público-alvo, que são os cidadãos menos favorecidos socialmente, que agora serão recebidos e atendidos de forma mais humanizada, em um espaço mais adequado.

A solenidade, bastante prestigiada, contou com a presença de diversas outras autoridades, dentre elas, o desembargador Rogério Fialho, do TRF-5, e os juízes Carlos Neves, Antônio Silveira e Teresa Cristina (diretora do Fórum), além do deputado estadual João Gonçalves.