Publicado em 05/06/2018 às 23:51

Comitiva de vereadores visita obras de recuperação do Centro Histórico de João Pessoa

Uma comitiva de vereadores da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) visitou, na manhã desta terça-feira (5), as obras de recuperação e reurbanização de 17 residências, seis salas comerciais e um Coworking no Centro Histórico da Capital, conhecida como Villa Sanhauá. A visita foi feita a convite do prefeito Luciano Cartaxo (PV), que esteve no local acompanhado de secretários e auxiliares da gestão municipal.
 
“O prefeito demonstra, mais uma vez, a preocupação que ele tem como nosso patrimônio histórico, fortalecendo, com esse projeto, a identidade cultural da cidade, e a Câmara Municipal tem um papel importante nesse processo, sugerindo, dialogando e abrindo o debate com a população”, declarou o presidente da CMJP, vereador Marcos Vinícius (PSDB).
 
Segundo ele, o prefeito vem tendo um olhar especial para a recuperação dos monumentos históricos de João Pessoa. Ele lembrou, inclusive, outras ações importantes para embelezar e dar uma cara nova ao segmento.
 
“O prefeito Luciano, através de sua equipe, recuperou também o Conventinho, o Hotel Globo, a Praça da Independência, a Casa da Pólvora, entre outros patrimônios que representam a história da nossa cidade e a identidade do nosso povo”, comentou o presidente da Câmara.
 
O prefeito Luciano Cartaxo considera a obra como sendo um dos projetos mais importantes de sua administração para o fortalecimento do Centro Histórico da Capital. Ele fez questão de frisar que os moradores das residências e os ocupantes das salas comerciais serão pessoas mais identificadas com o Centro Histórico e envolvidas com os mais variados tipos de cultura. “São artistas com um perfil de identificação com a área”, reforçou. A obra tem um investimento na ordem de R$ 4,2 milhões e deverá ser entregue antes do São João.
 
Cartaxo lembrou que a gestão municipal possui uma lei que concede incentivos fiscais para quem estiver interessado em investir no local. “Incentivos como redução no IPTU, ITBI e ISS. A nossa intenção é estimular o setor privado a investir no centro histórico e, com isso, aquecer a economia da região”, argumentou.
 
Compartilhado
 
A secretária Municipal de Habitação, Sachenka da Hora, explicou que o Coworking será um empreendimento comercial compartilhado, no qual as pessoas poderão, por exemplo, fazer reuniões e treinamentos. Ela disse que a escolha dos moradores das residências foi feita por edital, seguindo critérios e pontuações.
 
Além do presidente Marcos Vinícius, a comitiva contou com a presença dos vereadores Milanez Neto (PTB), líder da bancada governista na Casa; Dinho (PMN); Corujinha (PSDC); Professor Gabriel (PSD); Eliza Virgínia (PP); Helena Holanda (PP); Carlão (PSDC); Thiago Lucena (PMN) e Damásio Neto (PP), além do suplente de vereador, Marmuthe Cavalcanti, e diretor geral e o secretário legislativo da Casa, Carlos Santos e Rodrigo Neto, respectivamente.
 
Para o líder do governo, Milanez Neto, ao realizar esta obra, o prefeito Luciano Cartaxo executa um projeto de grande magnitude que, de acordo com ele, muitos gestores que o antecederam só fizeram prometer, sem sair do discurso. “Luciano tira do discurso um projeto importante e coloca na prática. O Centro Histórico não é um patrimônio só de João Pessoa, mas é também da Paraíba, do País e do Mundo”, ressaltou o vereador.
 
Paulo de Pádua