Publicado em 06/08/2018 às 10:34

Diretoria de Tecnologia de Informação do TJPB treina equipe da OAB-PB para operar sistema PJe

A Diretoria de Tecnologia de Informação do TJPB (Ditec) treinou, nesta sexta-feira, uma equipe de TI da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB-PB), visando aperfeiçoar o manuseio do Sistema de Processo Judicial eletrônico (Pje) pelos advogados. A capacitação foi fruto de uma parceria entre o Tribunal de Justiça da Paraíba e a Ordem. O treinamento foi realizado pelos técnicos da Ditec sobre os procedimentos para ajuizar ações, inserir documentos e todos os expedientes necessários para trabalhar com o PJe. 
 
O gerente de desenvolvimento de TI do TJPB, Hallisson Judson, informou que a equipe treinada para manusear o Sistema PJe servirá como multiplicadora do conhecimento para os advogados, que serão orientados sobre como utilizar a ferramenta, uma vez que alguns desses profissionais ainda não estão familiarizados com a plataforma eletrônica.
 
“A equipe de TI da OAB já tem o conhecimento técnico de como instalar os aplicativos necessários para o funcionamento do PJe, a exemplo do Jawa e dos controladores de certificados digitais. E, hoje, eles estão aqui para receber treinamento sobre a execução, ou seja, como ajuizar uma ação, um processo incidental, como checar o painel de expedientes, como checar o acervo de processos e como peticionar em um processo sigiloso. Depois, a equipe se encarregará de replicar as informações”, observou Judson.
 
O servidor de Tecnologia da Informação da OAB-PB, Thiago Fialho, ressaltou a importância do treinamento, afirmando que o setor de TI é composto apenas por pessoas da área, e que eles não tinham familiaridade com o manuseio do Sistema. “Muitos advogados não têm uma experiência com o uso do PJe, sentem dificuldade e nos procuram. Como não tínhamos esse conhecimento, ficava difícil de orientá-los. A partir de agora será mais fácil atender o advogado e sanar seus questionamentos com relação à aplicabilidade do sistema”, afirmou. 
 
Thiago informou que a OAB-PB conta com um serviço chamado PJe Delivery, que consiste em configurar a máquina do advogado para o acesso ao sistema. “A gente implantava os aplicativos no computador do advogado e deixava para que ele pudesse acessar o PJe. Com essa capacitação a gente vai conseguir prestar um melhor serviço para que possam, também, manusear o programa”, ressaltou.
 
www.tjpb.jus.br