Publicado em 11/07/2019 às 20:26

Conjunto vocal francês se apresenta para pacientes da ala pediátrica do HUAC

As crianças da ala de oncologia pediátrica do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC –UFCG), da Universidade Federal de Campina Grande e vinculado à Rede Ebserh, tiveram uma manhã mágica. O conjunto vocal francês, Loiret´s Singers, fez uma apresentação especial para os pacientes mirins. Durante o evento, crianças, familiares e profissionais de saúde acompanharam e interagiram com o conjunto vocal. Após a apresentação foram entregues presentes que os componentes do coral trouxeram para as crianças.
 
A iniciativa de trazer um espetáculo do Festival para dentro do hospital foi do professor William Melo, coordenador de projeto de extensão da UFCG, que possui um estudo sobre laserterapia e ações educativas com os pacientes infantis da oncologia do HUAC.
 
“Quando você está feliz, seu corpo começa a produzir certas substâncias, como serotonina, por exemplo. Então, você fica bem, seu humor e sua imunidade melhoraram”. Foi assim que o professor William explicou a importância de se trazer eventos como esses para o hospital. Além disso, frisou que ações desse tipo não são direcionadas apenas para as crianças, os pais, mães, familiares em geral e, principalmente, a equipe profissional se beneficiam muito.
 
Silvana Aparecida está com a filha internada há doze dias no HUAC. “Foi ótima a apresentação, muito boa, alegrou muito as crianças. Tira um pouco o pessoal dos quartos, porque isso de ficar apenas nos quartos é muito estressante”, disse Silvana que acompanhou toda a apresentação com a filha.
 
O conjunto vocal francês é dirigido pela professora pernambucana Julie Cássia. Ela falou sobre como foi uma experiência enriquecedora cantar para as crianças do HUAC. “Ser útil em trazer momentos de alegria, também nos dá essa alegria. Então, para todos nós, foi muito importante estar aqui hoje. Essa experiência ficou marcada na gente”, comentou a professora.
 
Sobre o conjunto vocal
 
O conjunto vocal Loiret's Singers é dirigido pela professora Julie Cássia Cavalcante. Formado por alunos de várias escolas e conservatórios da região central francesa, o grupo tem se dedicado à interpretação de variado repertório, incluindo obras sinfônicas e para coro a cappella. Em 2017, o Loiret’s Singers apresentou-se no Carnegie Hall, juntamente com outros coros, para a estreia da Missa de Alcaçus, de Danilo Guanais, sob a regência do maestro Vladimir Silva. A direção artística é da soprano Julie Cassia Cavalcante, que estudou canto e pedagogia do canto na UFPE e aperfeiçoou-se com Régis Oudot (França), Martha Herr (EUA) e Montserrat Caballé (Espanha). No Conservatoire d'Orléans, ganhou o primeiro prêmio em canto e o primeiro prêmio regional para a música de câmara, por decisão unânime do júri.  Julie Cassia tem mestrado em Estudos Românicos, pela Universidade de Nanterre, e está finalizando o PhD na mesma instituição, desenvolvendo pesquisa sobre a Música Armorial. Tem participado de festivais, eventos e congresso no Brasil e na Europa e é professora de canto no Conservatoire de Rayonnement Communal d’Olivet e da Communauté de Communes du Val de Sully. (Informações do Festival Internacional de Música de Campina Grande)
 
 
Sobre a ebserh 
 
Desde dezembro de 2015, o HUAC-UFCG é filiado à Rede Hospitalar Ebserh. A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.
 
Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, contribuem para a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.