Publicado em 07/04/2021 às 16:28

Referência em alta complexidade, Hospital Alberto Urquiza chega aos 22 anos nesta quarta

Quando foi inaugurado pela Unimed João Pessoa, em 1999, o Hospital Alberto Urquiza elevou a rede hospitalar da Paraíba a um novo patamar. Com um padrão de qualidade inédito no Estado, fez com que as outras unidades hospitalares buscassem se aperfeiçoar, provocando uma melhoria no segmento, reconhecida pelo setor de saúde.
 
Nesta quarta-feira (7), quando chega aos 22 anos, o Alberto Urquiza segue fazendo história. No enfrentamento a uma das maiores pandemias da história da humanidade, o hospital vem ajudando a salvar milhares de vidas. Com pioneirismo, humanização e investimentos permanentes, tornou-se referência na guerra contra o coronavírus e na realização de procedimentos de alta complexidade na Paraíba.
 
Para celebrar essas conquistas, às 16h30 desta quarta-feira, será celebrado, de forma on-line, um culto ecumênico. A comemoração da data será encerrada com um abraço simbólico no hospital. As pessoas serão separadas por fitas, respeitando o distanciamento social. Todas as outras medidas sanitárias para prevenção da covid-19 serão adotadas. A transmissão da programação será feita pelos perfis da Unimed JP no Instagram e no YouTube.  
 
Resultados - Do primeiro atendimento a um caso suspeito de covid-19 no dia 9 de março de 2020 até o dia 9 de março deste ano, mais de 64 mil atendimentos foram realizados apenas na Urgência e Emergência do Hospital Alberto Urquiza. Quase metade deles foi de pessoas com síndromes gripais. As que tiveram confirmado o diagnóstico para covid-19 encontraram uma estrutura pronta para oferecer uma assistência igual ou até mesmo superior a alguns dos melhores hospitais do Brasil e do mundo. 
 
Aquelas que precisaram ser internadas por outras enfermidades puderam contar com a segurança de um duplo fluxo, que as manteve protegidas do coronavírus. Partos, transplantes, cirurgias cardíacas, cirurgias neurológicas e todo o atendimento de alta complexidade continuaram sendo realizados, sempre com muito cuidado e segurança.
 
A organização e o planejamento funcionaram. Um levantamento realizado sobre os resultados da assistência nas UTIs reservadas para covid no Hospital Alberto Urquiza Wanderley até dezembro de 2020, para o Relatório de Gestão e Sustentabilidade da Unimed João Pessoa, mostra um desempenho que traz um pouco de alívio em meio à pandemia.  
 
Das 505 admissões nas Unidades de Terapia Intensiva destinadas para os casos de covid, no período, 314 pacientes receberam alta hospitalar, o que representa 62,18%. Comparando os desfechos (37,82% de óbitos) com a literatura médica, a qualidade do atendimento é atestada: a mortalidade em pacientes artificialmente ventilados varia entre 53% na Alemanha, 70,5% nos Estados Unidos e 40% no Reino Unido. No Brasil, um estudo reportou mortalidade de 47,6% entre os pacientes admitidos em UTI.
 
Investimentos - No primeiro trimestre deste ano, durante a segunda onda de covid-19, novas batalhas vêm sendo travadas. Para enfrentar a realidade, a gestão da Unimed João Pessoa tem feito investimentos permanentes na estrutura. Somente em UTIs, o quantitativo passou de 29 leitos adultos em março de 2020 para 92, um aumento de mais de 215%.  Além disso, uma extensa e rigorosa contratação de novos profissionais foi feita para atender os pacientes com cuidado e segurança. Dessa forma, nenhum cliente ficou sem atendimento, mesmo diante da segunda onda da covid, que veio com mais força. 
 
“Estamos trabalhando diuturnamente para oferecer aos nossos pacientes sempre o melhor tratamento. Não estamos medindo esforços físicos, mentais e financeiros para vencermos esta guerra, mas, claro, sempre com planejamento e responsabilidade com a vida das pessoas e com a nossa Cooperativa”, disse o presidente do Conselho de Administração da Unimed João Pessoa, Gualter Lisboa Ramalho. 
 
Inovação - O pioneirismo pontua a história do Hospital Alberto Urquiza Wanderley desde a sua inauguração. Mais recentemente, novos fatos se somam a outros que já entraram para a história da medicina paraibana. Foi no Alberto Urquiza que os pacientes em tratamento de covid-19 passaram a receber um tratamento inovador: a infusão de plasma convalescente. A tomografia por bioimpedância elétrica e o uso do cateter nasal de alto fluxo também foram outras inovações da Unimed JP no Nordeste para o enfrentamento à pandemia.
 
Outra importante aquisição para o tratamento foi o Helmet, um capacete respiratório que diminui o risco de intubação. Mais confortável, esse recurso de ventilação não invasiva fornece oxigênio concentrado ao paciente e permite a melhora da função pulmonar e da capacidade respiratória.
 
O robô Tom é um dos símbolos do enfrentamento à covid-19 na Cooperativa. No tratamento de uma doença que exige o distanciamento físico, ele aproximou familiares e profissionais de saúde dos pacientes, possibilitando “visitas remotas”, que reduziram o impacto psicológico da doença, e intercâmbio com instituições de saúde de diferentes países.  
 
Heróis - Na linha de frente do enfrentamento à covid-19 no Hospital Alberto Urquiza Wanderley, estão médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, maqueiros, técnicos em enfermagem, fonoaudiólogos... Dando suporte a eles, existe um time que “incorporou a missão de salvar vidas”, como sempre reforça o presidente Gualter Ramalho. São cozinheiros, equipe de limpeza, segurança, pessoal da rouparia, da copa, motoristas, hotelaria e muitos outros colaboradores da área administrativa que fazem com que não falte medicação, insumos, informações e até oração e música.  
 
Para o gestor de Serviços Hospitalares da Unimed João Pessoa, Cleiton Moradillo, o Hospital Alberto Urquiza sempre foi uma referência na história da medicina no Estado. “Foi assim quando ele foi inaugurado há 22 anos, trazendo uma medicina moderna. Da mesma forma, quando foi o local do primeiro transplante de órgão no Estado. Neste último ano, o esforço para salvar vidas foi ainda mais intenso, por isso, nós continuamos a ser o maior e melhor hospital privado da Paraíba”, disse.
 
O gestor disse ainda que, em 22 anos de história, o Alberto Urquiza sempre investiu em equipamentos, estrutura e capacitação das equipes, o que repercute diretamente na qualidade. O Alberto Urquiza é o único da Paraíba que tem, ao mesmo tempo, duas importantes certificações de qualidade: o nível mais alto da Acreditação Nacional e a Acreditação Internacional.
 
Neste último ano, os investimentos foram ainda maiores para vencer a guerra contra a covid. “Nosso paciente tem o melhor tratamento, pois temos equipamentos modernos e o melhor corpo clínico, assistencial e de apoio ”, afirmou Cleiton.  
 
Marcos históricos - O Hospital Alberto Urquiza Wanderley foi entregue aos paraibanos no Dia Mundial da Saúde, 7 de abril. E a data, tão simbólica, só reafirmou o presente que a Unimed João Pessoa dava aos paraibanos: um hospital com o maior objetivo de salvar vidas. Por isso, desde 1999 a unidade se mantém moderna e busca o melhor em equipamentos, instalações e equipes para os pacientes. 
 
Confira alguns marcos históricos do hospital:
 
04.09.2003: Nascimento de quíntuplos. Graças à estrutura do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, uma mulher deu à luz cinco bebês sem precisar sair de João Pessoa.  O nascimento de quíntuplos - e com sucesso - é um caso raro em todo o mundo 
 
23.05.2004: Primeiro transplante de coração na Paraíba
 
08.06.2004: Primeiro transplante de Fígado do Estado
 
20.10.2007: Realização do primeiro implante coclear da Paraíba, procedimento para tratamento padrão de pessoas com surdez profunda 
 
02.10.2009: Primeiro transplante de rim da Paraíba  
 
2010: Primeiro hospital privado da Paraíba a receber uma certificação da Organização Nacional de Acreditação (ONA)
 
2015:  Conquista da Acreditação Plena - Nível 2 da ONA
 
2017: Conquista da Acreditação em Excelência – Nível 3 da ONU
 
2020: Conquista da Acreditação Internacional QMentum, modelo canadense. O Alberto Urquiza passa a ser o único hospital na Paraíba a ter, ao mesmo tempo, as certificações nacional e internacional 
 
Pioneirismo no enfrentamento à covid-19 
 
Maio de 2020 - Utilização de plasma convalescente em pacientes com covid
 
Maio de 2020 - Pioneiro no Norte/Nordeste na utilização de cateter nasal de alto fluxo um tipo de oxigenoterapia feita de forma não invasiva
 
Junho de 2020 - Utilização da tomografia por bioimpedância elétrica, que permite a visualização dos melhores parâmetros respiratórios sem a necessidade de deslocar o paciente do leito
 
Março de 2021 – Utilização do Helmet, um capacete respiratório que diminui o risco de intubação 
 
Sobre a Unimed JP - Com 49 anos de tradição, a Unimed João Pessoa é uma cooperativa de trabalhos médicos que se consolidou como a melhor e maior operadora de planos de saúde da Paraíba. Além de mais de 1,8 mil médicos cooperados, possui a mais completa rede de assistência médico-hospitalar privada do Estado. São diversos hospitais credenciados, sendo dois próprios - um deles referência em alta complexidade -, além de clínicas, prontos-socorros e laboratórios à disposição de 150 mil clientes. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, é signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Tudo isso garante à Unimed JP a liderança absoluta no segmento de saúde suplementar no mercado paraibano. Acesse www.unimedjp.com.br.
 
 
Outras informações:
 
Instagram: @unimedjoaopessoa
 
LinkedIn: /company/unimed-joao-pessoa
 
Facebook: /unimedjoaopessoa
 
Twitter: @unimed_jp