Publicado em 08/10/2021 às 15:43

Entenda a importância da análise cromática na construção da imagem pessoal e profissional

Raissa Tavares, especialista em Coloração Pessoal, explica porque as cores interferem na comunicação visual
 
Recentemente a coloração pessoal se tornou um assunto tendência entre mulheres e homens brasileiros, e as dúvidas com relação ao assunto cresceram exponencialmente. Paletas de cores, consultoria de estilo, contraste e outros conceitos se tornaram assuntos em rodas de conversas, porém, o que muitos desconhecem é que a escolha das peças e das cores certas, que se adequem ao desejo de imagem, podem ser determinantes em um primeiro contato nos âmbitos pessoal e profissional.
 
Para Raissa Tavares, especialista em Coloração Pessoal, conforme o mercado foi se tornando mais competitivo, a preocupação com a imagem pessoal aumentou e começou a atingir mais pessoas, independente do segmento de atuação profissional. "Durante a pandemia essa ideia foi ainda mais difundida devido às lives, reuniões, audiências e palestras online. As pessoas têm buscado alinhar conteúdo relevante e aparência para agregar valor à marca pessoal por meio de composições que refletem a imagem que desejam transmitir para seus públicos ou clientes, de forma a reforçar sua credibilidade”, explica.
 
Análises necessárias - A análise cromática é o estudo das cores naturais do nosso corpo, um método que torna possível descobrir quais as cores exercem influência positiva no nosso rosto, refletindo e valorizando a beleza natural de pele, olhos e cabelos.  “A análise de coloração pessoal é importante pois, usando as cores corretas, conseguimos uma aparência saudável, rejuvenescida, brilho nos olhos, sempre ressaltando nossa beleza natural”, comenta Raissa.
 
Segundo a consultora, cada pessoa está em comunicação constante na forma de vestir, de falar, de se expressar. E as cores, que também fazem parte dessa conversa, são fundamentais para a composição da vida, seja na arte, natureza ou moda. “Dependendo da cor que se escolha, podemos transmitir a mensagem de proximidade ou distanciamento, segurança ou insegurança e por isso é tão importante conseguir passar a imagem pessoal desejada”, ressalta.
 
História - O método é da década de 50, quando a estilista californiana Suzanne Caygill, pesquisou as cores e classificou a beleza das mulheres de acordo com a beleza das paisagens de cada estação do ano. Suzanne considerou que a harmonia encontrada na natureza, especificamente, nas quatro estações do ano e que as cores individuais das pessoas estariam dentro de uma ‘cartela’. Posteriormente, o método foi aprimorado e atualmente é utilizado o Método Sazonal Expandido, usado no mundo inteiro. Ao todo, existem 12 cartelas de cores. 
 
Diferente do que muitos pensam, na consultoria de coloração pessoal, não existe nada proibido, mas existe a descoberta do que não valoriza tanto a beleza de cada pessoa. E por meio dela se aprende também a como burlar a cartela e usar a cor “errada” de forma equilibrada na construção da imagem. Para usar as cores a seu favor, o autoconhecimento entra em cena. "Se conheça, comece a se observar nas cores, observe o efeito delas em si e invista em uma consultoria de coloração pessoal para te auxiliar nesse processo", orienta. 
 
Sobre Raissa Tavares - Especialista em Coloração Pessoal, possui vários cursos de formação e avançado na área e já ajudou mais de 120 pessoas a descobrirem a suas melhores versões através das cores. Raissa fala sobre coloração pessoal na prática e utiliza sua habilidade de fala e comunicação para informar e ensinar mais sobre o mundo das cores e a influência dela na nossa beleza. Ela acredita que a consultoria é uma imersão de autoconhecimento e um despertar de dentro pra fora. Além de, por meios de posts dinâmicos e informativos, trazer inspirações e dicas de como se vestir com uma imagem harmônica, de forma prática e fácil. Conheça mais no perfil do Instagram @raissatavares.consultoria .