Skip to content Skip to footer

Região Nordeste sofre com crise no setor de transporte coletivo

Região Nordeste sofre com crise no setor de transporte coletivo

A região Nordeste está passando por uma crise no setor de transporte coletivo. A Fretcar, empresa que operacionalizava o transporte intermunicipal e urbano, destacou que a redução drástica do número de passageiros diante da pandemia trouxe muitos prejuízos para o setor. A empresa anunciou a falência por “absoluta falta de condições econômico-financeiras”.

Em Fortaleza, foram quatro empresas falidas depois da licitação em 2012, enquanto duas, Santa Cecília e a Ceará Grande, estão em recuperação judicial. De acordo com informações do Blog do BG, em Maceió e Salvador, mesmo depois da licitação do transporte público em 2014, uma empresa de cada estado encerrou suas atividades.

Natal também é uma das cidades afetadas pela crise, a empresa Viação Campos, que atuava no transporte intermunicipal, parou de rodar pela cidade. Segundo a nota do Sindiônibus (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará), essa é a pior crise enfrentada pelo setor. Mesmo com o retorno da economia, na capital, o número de passageiros está em 65% se comparado com a demanda registrada em 2019.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment