Skip to content Skip to footer

Sistemas de Comunicação ressaltam importância do 1º Prêmio Unimed João Pessoa de Jornalismo

Sistemas de Comunicação ressaltam importância do 1º Prêmio Unimed João Pessoa de Jornalismo

Profissionais e estudantes podem participar nas categorias TV, Texto, Rádio, Foto e Universitário; premiação chega até R$ 4 mil

O brasileiro confia na imprensa para se informar sobre saúde. É o que revelou um estudo feito pelo Instituto Reuters para Estudos de Jornalismo da Universidade de Oxford e divulgado em maio de 2021. A confiança na imprensa brasileira é a segunda mais alta do mundo (52%), de acordo com a pesquisa, que tem como base informações referentes à pandemia. Essa confiança é resultado do trabalho informativo e de prestação de serviço que os meios de comunicação desempenham.

Cientes do papel de levar informações qualificadas e com credibilidade, os veículos de comunicação da Paraíba ressaltam a importância do reconhecimento do 1º Prêmio Unimed João Pessoa de Jornalismo. A premiação faz parte das comemorações dos 50 anos da maior e melhor operadora de planos de saúde da Paraíba.

Nas redações – “É nosso papel social e é muito bom fazer isso e saber que a gente pode ser reconhecido por esse trabalho”, comenta a gerente de Conteúdo da Rede Paraíba, Tatiana Ramos. Para ela, o tema é pertinente, especialmente após dois anos de pandemia. “Penso que saúde e qualidade de vida estão totalmente atreladas ao cotidiano das nossas vidas, e é muito bom quando vemos uma empresa como a Unimed JP comprometida em discutir esse tema. Nos sentimos privilegiados em poder participar dessa discussão e contribuir com a sociedade”, completa.

Para Dayana Lucas, gerente de Conteúdo do Sistema Arapuan, a premiação celebra um momento de mudança de vida. “Esse prêmio é decisivo, pois começamos a enxergar de forma diferente o mundo que estamos vivendo, principalmente a questão da qualidade de vida. Depois de um período tão sombrio de tristeza e inseguranças, hoje vamos poder contar histórias e falar sobre pessoas que tiveram suas vidas transformadas, mas de forma positiva”, destaca.

Paula Gentil, diretora Geral da TV Correio, pondera que o 1º Prêmio Unimed João Pessoa de Jornalismo vai estreitar ainda mais os laços da imprensa com a Cooperativa e a população. “É muito importante enxergar mais que o jornalista está no batente e também conhecer a Unimed João Pessoa como uma instituição que cuida das pessoas”, afirma. A diretora lembra que o Sistema costuma trabalhar com séries especiais e aponta o assunto como um facilitador do trabalho. “Estamos saindo de uma pandemia e todos estão muito preocupados com qualidade de vida. Estamos juntos e vamos trabalhar esse prêmio e lutar para que a gente traga esse troféu”, completa.

Livia Karol, gerente geral da Rede Tambaú de Comunicação, assegura que a rede está estimulando a equipe a produzir matérias que se enquadrem nos requisitos do prêmio. “Nós, enquanto produtores de conteúdo e empresa de comunicação, estamos com uma expectativa muito boa para esse prêmio em comemoração aos 50 anos da Unimed João Pessoa”, diz.

Segundo ela, esse reconhecimento é gratificante para o jornalista, em um momento em que a imprensa passa por várias dificuldades e tem um papel social duplicado. “Na pandemia, enquanto as pessoas estavam dentro de casa, a imprensa estava todo dia esclarecendo dúvidas, trazendo informação especializada, buscando soluções e orientando em todos os horários possíveis. O prêmio é realmente um marco para fortalecer a imprensa e o jornalismo paraibano”, completa.

Para Naná Garcez, diretora presidente da Empresa Paraibana de Comunicação (EPC) o prêmio é relevante pela forma de valorização do jornalismo profissional, principalmente depois de um momento de pandemia onde, segundo ela,a ciência foi questionada e a credibilidade do jornalismo posta à prova. “Quando uma entidade como a Unimed João Pessoa, reconhecida e com muitos anos de atividade, promove um concurso desses, ela reforça a importância do jornalismo para a vida diária das pessoas, para a democracia e o exercício da cidadania”, destaca.

A diretora ressalta a importância dessa iniciativa para os profissionais de comunicação. “Particularmente, estimulo as equipes tanto do jornal quanto da rádio a produzir matérias que possam ser inseridas neste concurso”, conta.

Inscrições e regulamento – O prêmio faz parte das comemorações dos 50 anos da Unimed João Pessoa, e poderão concorrer profissionais de imprensa e estudantes com reportagens publicadas ou exibidas entre 1º de janeiro e 31 de agosto de 2022. Nesta primeira edição, o tema é “saúde e qualidade de vida em João Pessoa”. Os vencedores serão conhecidos em novembro de 2022. O regulamento e a ficha de inscrição do Prêmio de Jornalismo estão disponíveis na página comemorativa dos 50 anos da Unimed João Pessoa (www.unimedjp.com.br/50anos/premiodejornalismo). As inscrições serão on-line e também devem ser feitas pelo mesmo endereço. Dúvidas e solicitação de informações podem ser encaminhadas para o e-mail imprensa@unimedjp.com.br. Nas categorias Texto, TV, Rádio e Foto, serão premiadas as três melhores reportagens. O primeiro colocado receberá R$ 4 mil; o segundo, R$ 2 mil; e o terceiro, R$ 1 mil. Na categoria Universitário, será premiado o 1º colocado com valor de R$ 1 mil.

Sobre a Unimed JP — Com 50 anos de história, a Unimed João Pessoa é uma cooperativa de trabalhos médicos que se consolidou como a melhor e maior operadora de planos de saúde da Paraíba. Além dos mais de 1,7 mil médicos cooperados, possui a mais completa rede de assistência médico-hospitalar privada do Estado. São diversos hospitais, sendo dois próprios — um geral e um pediátrico, referências em alta complexidade —, além de clínicas, prontos-socorros e laboratórios à disposição dos 157 mil clientes. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, é signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Tudo isso garante à Unimed JP a liderança absoluta no segmento de saúde suplementar no mercado paraibano.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment